É HORA DE VIRAR O JOGO: Auditoria Cidadã da Dívida lança campanha pela unificação das lutas sociais.

and 202008121036

A campanha visa conscientizar a população sobre os ataques aos direitos sociais, ambientais, patrimoniais e a apropriação do orçamento público pelo sistema financeiro como peças de um único jogo que necessita virar.

Há anos o povo brasileiro vem sendo submetido a um único jogo, onde apenas um lado dá as cartas: o sistema financeiro e suas grandes corporações.
As peças desse tabuleiro (https://bit.ly/3fknTqD) representam as medidas econômicas que implementam, na prática, o modelo econômico errado aplicado no Brasil, voltado para a produção de escassez para o conjunto da sociedade, ao mesmo tempo em que desvia recursos públicos para o sistema financeiro e suas grandes corporações.

Essas medidas prejudicam as pessoas e toda a economia do país, ao mesmo tempo em que alimentam os privilégios da chamada Dívida Pública, que consome cerca de 40% do dinheiro do orçamento federal todo ano e nunca foi integralmente auditada, apesar das diversas ilegitimidades e ilegalidades históricas, comprovadas até por Comissões do Congresso Nacional. A dívida pública tem sido também a justificativa para as contínuas privatizações de patrimônio público, contrarreformas e modificações constitucionais nocivas, como a EC-95, o teto de gastos, que amarra todos os investimentos sociais e na estrutura do Estado para que sobrem mais recursos para os encargos da dívida.

O mercado financeiro é insaciável e avançou brutalmente com a aprovação da EC 106, que autoriza que o Banco Central gaste trilhões para comprar papel podre de bancos. E querem mais: a completa autonomia do Banco Central, para que ele continue aprofundando a política monetária que funciona como uma correia de transmissão de recursos para os bancos.

Por isso a Auditoria Cidadã da Dívida (ACD) lança a campanha É HORA DE VIRAR O JOGO, com a proposta de conscientizar os brasileiros e brasileiras sobre o desmonte orquestrado do Estado, desmantelamento dos direitos e usurpação dos recursos públicos para interesses privados.
(Veja vídeo introdutório https://bit.ly/2Ym0WUM)

Durante 3 meses, nos canais da ACD, vamos divulgar materiais elaborados para explicar como esses ataques vem acontecendo e a importância de uma mobilização consciente e ativa.

É HORA DE VIRAR O JOGO para alavancar o nosso desenvolvimento socioeconômico com respeito ao ambiente e garantia de vida digna para todas as pessoas! Vem com a gente!

Pedimos apoio na divulgação desta campanha.
Acompanhe nossas redes a partir do dia 10 de agosto:
Instagram: https://www.instagram.com/auditoriacidadabr
Twitter: https://twitter.com/AuditoriaCidada
Facebook: www.facebook.com/auditoriacidada.pagina
Site: https://auditoriacidada.org.br
YouTube: https://youtube.com/auditoriadidada
Mais informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou (61) 2193-9731
Entrevistas: Maria Lucia Fattorelli (61) 981871477

and 202008121037

Nota de Crítica

Prezados colegas da Dataprev

Nosso ACT venceu ontem e até agora nada da empresa fechar nosso ACT conforme enviado pela Fenadados.

 


Chega de angústias, a cada semana é uma bomba nova:

  • Cancelamento da GEAP;
  • Volta ao regime presencial, sem nenhum testes nos funcionários, em pleno auge da pandemia do Covid-19 próximo a ultrapassar 100.000 mortos;
  • Insegurança pelas garantias existentes no nosso ACT.

Nem um direito a menos, já estamos arcando com muitos custos de manutenção para executarmos nossas tarefas em regime home office.

RENOVAÇÃO DO ACT JÁ.

Retorno Ao Trabalho Presencial é Risco à Saúde e à Vida Dos Trabalhadores

A direção da Dataprev soltou ontem (16), comunicado interno no qual comunica o retorno ao trabalho presencial de seus empregados, excetuando “aqueles classificados como grupos de risco, ou que convivam com os mesmos, e os que têm filhos menores em idade escolar que dependam exclusivamente de seus cuidados enquanto as escolas estiverem fechadas”.

A empresa erra ao partir da premissa de que existe um grupo de risco específico, até porque essa crença já caiu por terra. Dados divulgados por países europeus e os EUA mostram que pessoas entre 19 e 50 anos já somam boa parcela dos infectados.
Além do mais, a exposição de um único integrante de família ao vírus coloca todos os outros em risco, em qualquer idade ou condição de saúde.

A Dataprev vem atingindo grau excelente de produtividade com o trabalho de seus técnicos em home office, e, por isso, não há como justificar essa decisão prematura, quando a taxa de contágio do coronavirus se encontra em alta em várias localidades do País. Não há, portanto, nada que justifique essa pressa em retornar ao trabalho presencial.

Expor seus empregados ao contágio tanto nos transportes públicos como na convivência diária em espaços fechados com seus próprios colegas de trabalho (que também estarão expostos ao contágio), é uma aventura irresponsável que – ao que tudo indica – segue orientações sem respaldo científico do governo federal. 

As diretorias do Sindpd-RJ e da ANED são totalmente contra a decisão da diretoria da Dataprev e, embora não tenham meios de impedir essa insensatez, ficarão atentas aos resultados desse retorno intempestivo dos trabalhadores e trabalhadoras ao trabalho presencial.

Fonte: SINDPD-RJ
Link da reportagem: http://sindpdrj.org.br/portal/v2/2020/07/17/dataprev-retorno-ao-trabalho-presencial-e-risco-a-saude-e-a-vida-dos-trabalhadores/

NOTA DE REPÚDIO

No site do https://www.hackaprev.com.br/, divulgado no dia 26 pela comunicação da Dataprev, uma frase repugnante.

Vitória pela cessão de 100 funcionários para o INSS

Prezado colega da Dataprev,

Informamos que foi publicada no dia 11 de maio de 2020 a Portaria nº 11,766, que autorizou a cessão de 100 funcionários na condição de não aposentados para integrar a força de trabalho do INSS por tempo indeterminado.

Dia do Trabalhador

Prezado colega, seja você de qualquer nível salarial ou cargo que ocupa na empresa, hoje é o nosso dia de comemorarmos e nos enaltecermos pelos frutos da produção dos nossos trabalhos.


Dia do Trabalhador

Do nosso labor levamos o sustento para nossas famílias, e por eles, por nós e pelos serviços que somos responsáveis na empresa, levantamos cedo todos os dias para exercer nossas tarefas.

Hoje estamos em regime de Home Office, entretanto nosso trabalho está produtivo, e como sempre, prestando serviços relevantes para a sociedade brasileira, especificamente no período da pandemia do COVID-19, e também na manutenção dos demais serviços ativos.

Nestes momentos, todos nós nos perguntamos que empresa privada faria o serviço que a Dataprev fez: sem licitação, sem contrato, sem pagamento extraordinário? Absolutamente nenhuma.

Que esse exemplo de profissionalismo e dedicação fique na memória dos Governos e da Direção, que são transitórios, os serviços da Dataprev, nosso conhecimento profissional e nossos estudos acadêmicos permanecerão e não podem ser negociados em balcão, pois os serviços são estratégicos e representam a soberania tecnológica nacional.

Parabéns a todos os funcionários da Dataprev pelo seu dia e seu propósito de trabalho: servir à sociedade brasileira com serviços de tecnologia de ponta.

 

Orgulho de ser Dataprev

É com imensa alegria e espírito público e republicano que nós funcionários da Dataprev, demonstramos para o Governo Federal e para População Brasileira o nosso propósito de existência: fornecer soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação para o aprimoramento e a execução de políticas sociais do Estado brasileiro, estando presente na vida do cidadão brasileiro, provendo a tecnologia necessária para os programas estratégicos e sociais do governo.

 


Endereço: Rua Prof. Álvaro Rodrigues, 460, sala 303C, Botafogo, Rio de Janeiro

CEP: 22280-040

CNPJ: 29.255.585/0001-72

Telefone: (21) 3616-7034, (21) 3616-7634, (21) 3616-7017 e (21) 3616-7749

E-mail: aned.dataprev@gmail.com

© ANED, 2020. Todos os direitos reservados.
Gerenciado por
Logomarca da LEGRA.